Grupo de Teatro de Amadores de Porto de Mós
Domingo, 23 de Novembro de 2008
1 de Dezembro

     

 

 

      No dia 1 de Dezembro. o Trupêgo - Grupo de Teatro, vai levar à cena duas pequenas peças .

 

O Doido e a Morte

De Raul Brandão

 Virgens à Deriva

 De Ruy J.Neto

 

      O espectáculo realiza-se no Cine Teatro de Porto de Mós, pelas 21-30 Horas.

 

      Aguarda-se que as pessoas interessadas acorram a mais este evento pois tratando-se de três comédias, possam rir a bom rir, pelo menos é essa a nossa intenção.

 

 

 



publicado por trupego às 00:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Domingo, 9 de Novembro de 2008
O Doido e a Morte

 

O Doido e a Morte
De Raul Brandão
 
 
No passado dia 11 de Outubro, o Trupêgo deslocou-se á Batalha, para apresentar a sua nova peça “ O Doido e a Morte de Raul Brandão. Tal representação foi incluída no programa do III Encontro do Saber  - Envelhecer com Arte - que decorreu naquela localidade de 10 a 12 de Outubro.
Para espectadores de idade tão avançada, só uma comédia se coadunava para instalar a boa disposição. Foi isso que aconteceu ou pelo menos foi essa a nossa intenção e todo o esforço do grupo e pelo que nos pareceu, conseguimos animar toda a plateia. Trata-se de uma comédia que a rir critica vários aspectos da sociedade dos anos 20/30, mas que ainda se aplica aos tempos actuais.
Aqui ficam algumas fotos da dita representação.
 
A Esposa do Governador Civil
O Doido
A Enfermeira
O Governador civil e o secretário
O Governador Civil
 
O Governador civil e o Doido
 


publicado por trupego às 00:29
link do post | comentar | favorito

Domingo, 2 de Novembro de 2008
Ópio no Óbito

 

Ópio no óbito
 
 
      Este trabalho, que foi preparado para apresentar no III Festival de Teatro de Porto de Mós- Teatremos - , foi por nós posta mais exigência, já que com a experiência que temos adquirido, a isso obrigava. Já tínhamos dedicado um espectáculo ás crianças e adultos, e por isso estava na altura de direccionarmos o nosso trabalho para a juventude. Sem pretender ser retóricos nem paternalistas, pretendemos alertar para o flagelo da droga, utilizando a arte teatral como veículo. Utilizámos por isso ingredientes mais ao gosto da juventude, quer na estética apresentada, quer também na banda sonora, sendo quase toda ela dos ” Pink Floyd”.
      O resultado para nós, foi bastante satisfatório, mas como é natural, não nos deixou totalmente satisfeitos, uma vez que sentimos a necessidade de trabalhar o texto muito mais. Temos de continuar a trabalhar. É o que é, e não há outra maneira de o fazer.
O Texto é de Wagner Eller do Couto
A adaptação e encenação de António Almeida
Actores são
 António Alves
                Daniel Pereira
                Artur Ramos
                Estela Ribeiro
                Inês Lourenço
                Luís Costa
                Teresa Amaral
                Orlando Stock
                Raquel Poças
Pontos: Marisa Tomás
                Maria João
Maquilhagem: Sofia Henriques
Cenários: António Almeida
Aqui ficam algumas fotos desse 1º espectáculo, agradecendo à “Raquel” a cedência das mesmas.       
     O traficante vende a droga
   A droga e a morte seduzem
   A namorada alerta
   O amigo avisa
     O diabo confunde
   Já nada pode fazer
   Só resta chorar a morte
   O traficante ameaça


publicado por trupego às 00:02
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

AMÂNDIO

OLHAR PARA O SOL

ATRIBULAÇÕES DE PIGMALIÃO

VEM FAZER PARTE DO GRUPO

A FUGA

O Trupêgo no TEATREMOS

...

HÁ MALES QUE VÊM POR BEM

VEM FAZER PARTE DO GRUPO

Há males que vêm por bem

arquivos

Outubro 2017

Maio 2017

Abril 2017

Setembro 2016

Junho 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Setembro 2015

Novembro 2014

Junho 2014

Abril 2014

Junho 2013

Junho 2012

Julho 2010

Janeiro 2010

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

favoritos

Há males que vêm por bem

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds