Grupo de Teatro de Amadores de Porto de Mós
Quarta-feira, 29 de Outubro de 2008
Como nos financiámos

 

 

          Já nos fizeram várias vezes a pergunta sobre com que dinheiro fizemos a constituição do nosso Grupo de Teatro. É sabido que a escritura e a publicação eram caros. A nossa resposta é simples: Aproveitar as oportunidades e sem medo lançar-mo-nos ao trabalho.

          Pois bem, com o Simplex, tratámos de todos os documentos e que só se resumia ao registo do nome do Grupo. Munidos dessa certidão, apresentámo-nos em Coimbra, na conservatória do Registo Comercial, dois elementos do grupo e “na Hora” foi formalizado o seu “nascimento” oficial. Foi fácil e até barato. Para as despesas da formalização, o grupo aproveitou o Carnaval em Serro Ventoso. Depois de algum trabalho e imaginação, classificámo-nos em 3º Lugar, o que deu o prémio de 300€ que foi suficiente para as ditas despesas.

          Aqui vos deixo uma foto da “ Revolta da bicharada” tema do nosso carro alegórico.

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por trupego às 23:46
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Segundo Trabalho

 

O livro Mágico

Numa adaptação de textos de João de Deus, Óscar Wild, William Shakespeare e Associação Portuguesa de Professores de Biologia e Geologia, o Trupêgo, numa encenação colectiva, levou á cena nos dias 8 de Março e 20 de Abril, no Cine Teatro de Porto de Mós, o seu primeiro espectáculo inteiramente da responsabilidade do grupo.
O Amigo dedicado de Óscar Wild , e O Juiz decide da Associação Portuguesa de Professores de Biologia e Geologia , foram as duas peças que constituíram a quase totalidade deste espectáculo, tendo somente sido musicado por António Alves o poema de Shakespeare – perguntei a um sábio a diferença entre o amor e a amizade … -

 

O Amigo dedicado

 

            Hans e o moleiro

 

 

     Rato de água

 

    Dona Pata

 

 

O Juiz decide

 

 

 

                              

 

                  Juiz                                                                      Dona Celulose      

 

                                        

                   Lípido Gorduroso                             Água pura e Sr. Calcio             



publicado por trupego às 01:20
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 28 de Outubro de 2008
O Primeiro trabalho

 

O Primeiro espectáculo

 
Saberes
A 3 de Junho de 2007, o TRUPÊGO - Grupo de Teatro levou á cena no Cine Teatro de Porto de Mós, o seu primeiro trabalho * SABERES*
Tratou-se de uma compilação de textos, de sabedoria popular, transmitidos de geração em geração, e que haviam sido compilados pela Santa Casa da Misericórdia de Porto de Mós e impresso em Livro editado em 2004.

Dona Pata

                     
A Raposa e o Lobo                

 



publicado por trupego às 00:44
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 27 de Outubro de 2008
A Origem do Grupo

 

 A Origem do Grupo
 
            Dando seguimento ao projecto “O Animador” resultante de uma parceria entre a ADAE – Associação de Desenvolvimento da Alta Estremadura,” O Nariz e os municípios da Batalha, Leiria, Marinha Grande Ourém e Porto de Mós, surgiu em Porto de Mós o Grupo -  Trupêgo- Grupo de Teatro -.
            Satisfazendo uma necessidade deste punhado de jovens e menos jovens, levou-se por diante a sua constituição como grupo autónomo e independente. De um vasto leque de sensibilidades mas muito coeso nasceu o firme propósito de evoluir na realização de espectáculos de índole teatral.
            Vocacionado para o teatro de itinerância, preferencialmente no Concelho de Porto de Mós, o Grupo não enjeita saída fora do concelho.
 


tags:

publicado por trupego às 23:47
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

AMÂNDIO

OLHAR PARA O SOL

ATRIBULAÇÕES DE PIGMALIÃO

VEM FAZER PARTE DO GRUPO

A FUGA

O Trupêgo no TEATREMOS

...

HÁ MALES QUE VÊM POR BEM

VEM FAZER PARTE DO GRUPO

Há males que vêm por bem

arquivos

Outubro 2017

Maio 2017

Abril 2017

Setembro 2016

Junho 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Setembro 2015

Novembro 2014

Junho 2014

Abril 2014

Junho 2013

Junho 2012

Julho 2010

Janeiro 2010

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

favoritos

Há males que vêm por bem

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds