Grupo de Teatro de Amadores de Porto de Mós
Quarta-feira, 29 de Outubro de 2008
Como nos financiámos

 

 

          Já nos fizeram várias vezes a pergunta sobre com que dinheiro fizemos a constituição do nosso Grupo de Teatro. É sabido que a escritura e a publicação eram caros. A nossa resposta é simples: Aproveitar as oportunidades e sem medo lançar-mo-nos ao trabalho.

          Pois bem, com o Simplex, tratámos de todos os documentos e que só se resumia ao registo do nome do Grupo. Munidos dessa certidão, apresentámo-nos em Coimbra, na conservatória do Registo Comercial, dois elementos do grupo e “na Hora” foi formalizado o seu “nascimento” oficial. Foi fácil e até barato. Para as despesas da formalização, o grupo aproveitou o Carnaval em Serro Ventoso. Depois de algum trabalho e imaginação, classificámo-nos em 3º Lugar, o que deu o prémio de 300€ que foi suficiente para as ditas despesas.

          Aqui vos deixo uma foto da “ Revolta da bicharada” tema do nosso carro alegórico.

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por trupego às 23:46
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De Pedro Oliveira a 30 de Outubro de 2008 às 17:36
Boa tarde Carissimos,

Para informar que fiz um texto,no Vila Forte, sobre blogues nascidos em Outubro em Porto de Mós e faço referência ao vosso blogue.

Abraço


De Rafael Marcelino a 30 de Outubro de 2008 às 21:31
Sendo um visitor do Vila Forte acabei agora mesmo de saber desta Boa Nova.
Felicito-os pela feliz iniciativa de divulgar e promover o Teatro, apesar de termos a falta de conhecimento pessoal, não quis deixar de os presentear com uma mensagem de que tenho muitos exitos.
Espero que tenham o cuidado e proveito de desfrutar tudo de bom que no Teatro nos ensina para as nossas vidas. Fui nos meus tempo de mais jovem um dos praticantes do tão famoso Teatro do JUNCAL, que acabei por dar uma sequência e testemunho do meu Pai , como muitos dos meus amigos o consolidamos.Foi com muita alegria que o fiz e aonde me lembro de fazer uma Peça, Intitulada a Bandeira Roubada, famosa, com um excelente guarda-roupa vindo de Lisboa-alugado, mas que serviu para os nossos Pais verem os seus filhos no palco fazerem o que eles também fizeram. Coisas que a vida nos dá. Aprendi muito e muito do que sou e sei hoje como forma de estar na vida devo em grande parte ao Teatro.
Desculpem-me alongar-me com este testemunho, mas que sirva para todos vós de estimulo e exemplo nas vossas vidas. Obrigado e Muitos Parabens. Felecidades para todos os intervenientes.


De MrCosmos a 30 de Outubro de 2008 às 21:42
Pois aqui esta mais um que tomou conhecimento do novo espaço do Trupêgo pelo Pedro Oliveira.
Sejam bem vindos as novas lides da blogosfera, e como presentinho de boas -vindas, lembrei-e de ir alí a gaveta, procurar, e disponibilizar precisamente essa passagem pelo carnaval de Serro Ventoso 2007, a revolta dos animais, aqui fica: http://br.youtube.com/watch?v=339FR1Otipc,
(a qualidade é a de "youTube" mas pronto, assim de repente, é o que se pode arranjar... deêm um toque que tenho alí um DVD para vocês).

Um abraço ao António Almeida, Teresa Amaral & comp.ª do Trupêgo. Bem Hajam!
Paulo César.


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

AMÂNDIO

OLHAR PARA O SOL

ATRIBULAÇÕES DE PIGMALIÃO

VEM FAZER PARTE DO GRUPO

A FUGA

O Trupêgo no TEATREMOS

...

HÁ MALES QUE VÊM POR BEM

VEM FAZER PARTE DO GRUPO

Há males que vêm por bem

arquivos

Outubro 2017

Maio 2017

Abril 2017

Setembro 2016

Junho 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Setembro 2015

Novembro 2014

Junho 2014

Abril 2014

Junho 2013

Junho 2012

Julho 2010

Janeiro 2010

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

tags

todas as tags

favoritos

Há males que vêm por bem

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds